Thugga – um passeio arqueológico

“Pour quoi ce vide aprés la joie ce néant qui fut une ville? Qui repondra? Rien remplace le chant de poètes e disperse les âmes jadis rassemblées”.  Sidi Mahrez

Thugga, hoje Douga, foi uma rica província romana depois do ano 46 DC. Fundada pelos numidios, conheceu seu apogeu nos tempos romanos. Construída com pedras douradas, ela emerge no Vale Kalled rico de trigo e colinas plantadas de oliveira.

Thugga, vista do campo de oliveiras que a circunda.

Considerada o celeiro da África Nova, conheceu seu apogeu no I e IV século DC, quando foram construídos seus edifício mais opulentos como o arco de Sétimo Severo em 223 e 225, o Capitólio.

No início da via romana pavimentada encontramos o Mausoléo líbio-púnico, medindo 21 metrosde altura, em três níveis, este monumento é datado do II AC. O mais importante deste mausóleo é a inscrição líbio-púnica que facilitou a decodificação das línguas púnica e líbia. Como não podia deixar de ser esta inscrição esta, atualmente, no British Museum.

Mausoléu Líbio-púnico

A praça da Rosa dos Ventos está localizada ao lado do Capitólio e era o centro da vida pública junto com o forum. Esta praça é chamada assim pois tem no seu centro uma rosa dos ventos.

O teatro de Tugga foi construído em 168 ou 169 DC, sob o reinado de Marco Aurélio e Lucius Verus por um rico cidadão da cidade Publuis Marcius Quadratus. O teatro tinha capacidade para 3.500 espectadores. A “cavea” (platéia) é constituída de 19 degraus divididos em 3 andares por galerias de circulação, em forma de semi-círculo em volta do poço da orquestra. O palco é circundado de colunas dóricas num elegante movimento arquitetural.

Este é um dos teatros mais bem conservados da África.

Anúncios
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Thugga – um passeio arqueológico

  1. solange Escosteguy Cardoso disse:

    Adorei, Celminha, tu és a pessoa certa para fazer um blog, tens muito para dizer e sabes como fazê-lo. Curti também a inspiração da janela…
    Hoje fiz um workshop de papel maché, seguramente irias gostar.
    Beijo grande da sua velha admiradora.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s