Arquivo do mês: dezembro 2012

Terra

O mapa da minha terra está desenhado no meu corpo, fragmentado pelas manchas do vitiligo, ele é traçado pelos confins do exílio, pela negação do porto, a ruína da casa paterna, o abandono

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário