Equilibrista: Circo da Vida

Para o Advento Equilibrista:Circo da Vida

A maioria escolhe ser palhaço: a mais nobre profissão do circo.

Eu escolhi ser equilibrista no Circo da Vida,

Talvez por ter nascido triste me foi negado o protagonismo circense do palhaço. Fui ser equilibrista.

Apurei o senso estético na esperança de ser bailarina, mas não foi suficiente, faltaram-me disciplina e talento.

Depois, tive a ilusão de ser poeta, mas é preciso muita coragem, desisti, fui covarde.

Graduei-me em jornalismo, mas estávamos vivendo numa época escura e os jornalistas precisam de luz para escrever…

Assim, entre luz e trevas, tempo de censura e ânsia de liberdade e justiça, dei um salto mortal e voei para o outro lado do Circo. Equilibrista, aprendi a estar atenta ao momento,

salto sem redes na afetividade,

vigio à porta do infinito,

plaino pendurada por um fio na distância,

rodopio no tempo e no vento da minha vida,

solta na dança livre da solidão.

DSC02957

Anúncios
Esse post foi publicado em Ideias. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Equilibrista: Circo da Vida

  1. Maria Helena Fernandes disse:

    Se tem uma coisa que eu gosto, é ouvir os sons da alma. Amei o Equilibrista!
    Lelê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s